Certificado de Energia Renovável

O Programa de Certificação de Energia Renovável é uma iniciativa conjunta da Associação Brasileira de Geração de Energia Limpa (Abragel) e da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) que visa fomentar o mercado de energia gerada a partir de fontes renováveis e com alto desempenho em termos de sustentabilidade. O programa consiste em duas certificações interrelacionadas, que trazem benefícios aos geradores de energia e aos consumidores voluntários de Energia Renovável.

Com o objetivo de reduzir as emissões de CO2 geradas pela produção de energia elétrica, uma das principais fontes de gases do efeito estufa que contribuem para o aquecimento global, grandes corporações como Apple, Wal-Mart, Honda, Microsoft, Amazon, McDonald’s, General Motors e Google investem cada vez mais em fontes de energia limpa.

Mas nem todas as empresas têm condições de investir em uma usina para gerar sua própria energia renovável. A saída então é receber a energia da forma tradicional e adquirir o volume de energia equivalente ao consumo através de Certificados de Energia Renovável, os chamados RECs.

Ao comprar RECs as empresas são abastecidas com a energia da rede local, que geralmente é um “mix” de fontes renováveis (hídrica, eólica, solar) e não renováveis (térmicas a óleo, gás ou nucleares). Em troca, elas estão investindo na geração da mesma quantidade consumida em energia limpa, ou seja, elas se apropriam somente da parte limpa que é colocada no sistema.

“Com os RECs as empresas podem garantir 100% de energia renovável para seu uso sem ter de investir, elas próprias, em geração”, afirma Fernando Giachini Lopes, diretor do Instituto Totum, que coordena o Programa de Certificação de Energia Renovável e é o emitente local dos RECs, chamados de REC Brazil. O Programa tem a participação da Associação Brasileira de Geração de Energia Limpa (Abragel), Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica) e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

No Brasil, a demanda por certificados de energia renovável também vem crescendo. Desde março de 2014 já foram transacionados mais de 45 mil RECs (cada certificado equivale a 1 MWh de eletricidade produzida a partir de fontes renováveis).

Os empreendimentos de energia renovável também já podem ser registrados na plataforma mundial I-REC, graças a uma parceria recente entre o Instituto Totum e International REC Standard.

“Ambas iniciativas, REC Brazil e I-REC, vão contribuir para aumentar a consciência dos consumidores sobre o direito de escolher eletricidade produzida a partir de fontes renováveis para suas casas e empresas”, afirma Fernando Lopes.

 

Saiba mais em: http://www.recbrazil.com.br/